EM_LOGO_transpare.png
Etnomatematicas transparente.png
White on Transparent.png
VEm.png
 

Ana Priscila Sampaio Rebouças

Sobre educar com amor e respeito...


Como descrever em profundidade as reflexões que o VEm Humanistas provocou em meus espaços de atuação? Considero uma tarefa instigante e afetiva, assim como foi todo o evento. A minha relação com a Etnomatemática remonta à minha inserção na Educação Básica em uma escola pública rural em que a dinâmica escolar evidenciou a necessidade de um novo olhar para o ensino e a aprendizagem de matemática. Desde então, tenho procurado atuar a partir de uma visão humanista, não apenas nas questões relacionadas à matemática, mas à educação em geral.

Nesta dimensão o VEm Humanistas representa a concretização de um sonho, que é ver a Etnomatemática chegar de forma acessível e acolhedora aos mais diversos espaços do nosso país e também do mundo, abraçando saberes e fazeres de grupos culturais que dia após dia lutam por sua sobrevivência e que na maioria das vezes não são valorizados pelo sistema educacional. A estrutura do evento me proporcionou sentir como aspectos da Etnomatemática e da Matemática Humanista estão relacionados, levando à percepção real do Programa Etnomatemática como uma teoria geral do conhecimento (D’AMBROSIO, 2005; SOUSA, 2016). A dinâmica dos programas favoreceu a uma interação jamais vista, aproximou os participantes e valorizou suas percepções, divulgou práticas pedagógicas e grupos de pesquisa, estimulou a pesquisa e sobretudo nos trouxe esperança de que é possível educar de diferentes formas com amor e respeito ao outro.

D’AMBROSIO, Ubiratan. Sociedade, cultura, matemática e seu ensino. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 1, p. 99-120, jan./abr. 2005. Disponível em: < https://www.scielo.br/pdf/ep/v31n1/a08v31n1 > .
Acesso em: 25 nov. 2020.

SOUSA, Olenêva Sanches. Programa etnomatemática: interfaces e concepções e estratégias de difusão e popularização de uma teoria geral do conhecimento. 2016, 276 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Universidade Anhanguera de São Paulo – São Paulo. Disponível em:
< https://repositorio.pgsskroton.com/bitstream/123456789/21812/1/OLEN%C3%8AVA%20SANCHES%20SOUSA.pdf > .
Acesso em: 25 nov. 2020.