EM_LOGO_transpare.png
Etnomatematicas transparente.png
White on Transparent.png
VEm.png
 

Edmara Carvalho Novaes

VEm Humanistas: “Respiro” profissional/pessoal em tempos de pandemia


Me chamo Edmara Carvalho Novaes, sou do interior de Minas Gerais e professora de Matemática da Educação Básica, e universitária em cursos de licenciaturas como Pedagogia e Educação Física, bacharelado em Enfermagem, além de tradutora e intérprete de Libras. Atuando há 20 anos no magistério, o VEm Humanistas apresentou-se como um “respiro” na minha prática docente em meio a pandemia do Covid-19, apresentando-me uma nova possibilidade de enxergar e compreender meus alunos, por meio dos seus “etnos”, suas particularidades e interesses.

A possibilidade de compreender a Etnomatemática, através de um resgate histórico, feito pelo professor Dr. Ubiratan D’Ambrosio apresentando-a como empreendimento humanista (D’AMBROSIO, 2020), os itinerários etnomatemáticos pela professora Dra Gelsa Knijnik, perpassando por práticas pedagógicas desenvolvidas em salas de aula, a formação docente, a decolonialidade do currículo escolar, os etnos indígenas e africanos, o jogo Mancala, os grupos de pesquisas em Etnomatemática de diversas instituições de ensino superior como o GETUFF e o GEPEm, e por fim, o “Etno dos Excluídos”, deu-me uma nova visão acerca do modo como devo desenvolver minha prática docente, além da oportunidade de estreitar laços profissionais e amizade com colegas de diversas partes do país e professores referências em pesquisas etnomatemáticas foi algo muito significativo.

Destaco a riqueza do evento sendo uma experiência única, que certamente modificou meus relacionamentos pessoais e profissionais. Expresso meus sinceros agradecimentos à equipe organizadora do evento, nas pessoas da Professora Dra Olenêva Sanches de Sousa (EtnoMatemaTicas Brasis) e Professor Dr. Carlos Mathias (Matemática Humanista), que mostraram-se solícitos e muito envolvidos com todos os programas do evento, promovendo momentos significativos de debates e interação com todos os participantes. Aguardo ansiosamente por próximas edições desse evento com a possibilidade de aprender e compartilhar conhecimentos, saberes e práticas pedagógicas.

D’AMBROSIO. Ubiratan. Visão historiográfica da etnomatemática como empreendimento humanista. VEm Humanistas. [S.I]. 2020. Disponível em: < https://www.dropbox.com/s/ylvlxy5fg5ja5p5/Vis%C3%A3o%20historiogr%C3%A1fica%20da%20Etnomatem%C3%A1tica%20como%20empreendimento%20humanista%20Dambro sio.pdf?dl=0 > .
Acesso em: 25.nov.2020.