EM_LOGO_transpare.png
Etnomatematicas transparente.png
White on Transparent.png
VEm.png
 

Josiane Konradt

Aprendizagens sobre Etnomatemática com o evento VEm Humanistas


Durante o curso de Licenciatura em Matemática, muitas vezes, o graduando sente-se despreparado para atuar em sala de aula, justamente pela universidade não conseguir abordar todos os temas relevantes, devido esse fato, torna- se importante a busca por outros conhecimentos fora da instituição. O evento VEm Humanistas ocorreu no período da pandemia que acometeu o mundo, decorrente da COVID-19 e que levou ao isolamento social e suspensão das atividades presenciais nas escolas e na universidade, sendo um evento aberto ao público, gratuito, de forma on- line e transmitido através do YouTube, realizado a partir de uma parceria entre a EtnoMatemaTicas Brasis e a Matemática Humanista, o evento possibilitou uma troca de conhecimentos e experiências entre pessoas de várias regiões do Brasil.

Segundo FANTINADO (2009, p. 2) a Etnomatemática tem “contribuído para as reflexões sobre as relações entre conhecimento matemático e contextos socioculturais e suas implicações para a prática de sala de aula”. Dessa forma, a Etnomatemática ajuda a realizar reflexões sobre as diferentes formas de matemáticas existentes nas culturas do mundo, além de demonstrar a importância de repensarmos a prática enquanto docentes, buscando valorizar os conhecimentos prévios e a realidade vivenciada pelo aluno. Sendo a sala de aula um lugar completo de diversidade, os professores podem explorar as diferentes culturas existentes nesse espaço, favorecendo ao discente um processo de aprendizagem significativo.

O evento VEm Humanistas tem trazido uma reflexão muito importante sobre essa construção da Etnomatemática em sala de aula e apresentou pesquisas que estão sendo realizadas em torno desse tema. Esse assunto é importante na formação dos professores, mas muitas vezes não abordado na entidade formadora do docente, cabe ao professor buscar referências e o evento tem suprido essa demanda, trazendo falas de diversos pesquisadores desse tema e abrindo uma discussão que ajuda a compreendermos melhor esse conceito e a valorizar a Etnomatemática no espaço escolar.

FANTINATO, Maria Cecilia de Castello Branco. Novos desafios teóricos e pedagógicos da Etnomatemática. In: FANTINATO, Maria Cecilia de Castello Branco (organizadora). Etnomatemática – novos desafios teóricos e pedagógicos. Niterói: Editora da Universidade Federal Fluminense, 2009.